Parceria com TETRA

2016/05/18

Flash-officieel-system-partner-Hytera-777x441

 

Uma   colaboração se encaixa com a nova estratégia da Flash, que tem a Hytera como parceira para o desenvolvimento e expansão de produtos e soluções na área de sistemas TETRA e DMR.  As duas empresas estão olhando para além de comunicações de voz e de dados tradicionais. Além disso, existe uma constante referente a central da rede móvel.  A Flash desenvolve, mantém e administra essas redes. Desenvolvimentos, como a comunicação máquina-a-máquina, a internet e a  inteligência de negócios, a Van Flash integrante aplica. Sempre que necessário, ser integrado ou desenvolvidas tecnologias e sistemas existentes com o objetivo de tornar os processos de negócios do cliente mais eficiente e segura.

Em parceria com a Hytera a Flash ainda melhora sua posição de mercado para atender as necessidades e desenvolvimentos em sua base de clientes e traduzi-las em soluções funcionais e orientadas para os mesmos.

 

Fonte: http://www.verbinding.tv/flash-private-mobile-networks-officieel-system-partner-hytera-nederland-en-belgie/


Produção Florestal e comunicação TETRA

2016/05/16

TETRA e gestion-ambiental3

Após o anúncio da extensão da comunicação sistemas Florestal Mininco no Chile, a CMPC – um líder na América Latina na produção e comercialização de produtos florestais, papel e empresa de celulose – escolheu as soluções da Motorola para otimizar seus processos de produção e garantir uma comunicação confiável as operações subsidiárias brasileiras em situações de emergência. Com a instalação do projeto de comunicação integrada, a CMPC tem agora uma cobertura completa nas florestas.

A solução é parte de um modelo inovador de gestão que, para um período inicial de 10 anos ligados sistemas de comunicação no Brasil e no Chile através de um único, serviços de rede integrados. O centro de expedição da operação dos dois países será baseada no Chile e permitirá serviços de conectividade avançada e recursos em pontos-chave dos dois territórios.

 

A integração das operações do novo sistema de voz e dados digitais permitem que você execute várias tarefas, tais como consultas a bancos de dados, envio de relatórios, fotos, formulários e transferência de arquivos em tempo real, otimizando a produtividade de manejo florestal.

No Brasil, o sistema irá cobrir uma área de aproximadamente 53.000 km2 em todo o estado do Rio Grande do Sul, em 12 locais de repetição e digitais de comunicação da rede TETRA, que compreende terminais de rádios móveis instalados em veículos e rádios portáteis para os trabalhadores.

 

A expansão do sistema Mininco Floresta no Chile inclui 10 novos locais de radiofrequência, além dos 14 já instaladas, novas aplicações, equipamentos portáteis e sites ligados ao sistema através de links de satélite, cobrindo uma área de 70.000 km2.

Este sistema suporta múltiplas inovações de alta tecnologia, como uma mensagem de aplicação via TETRA que permite, por exemplo, monitoramento de equipamentos entregues dados meteorológicos como umidade, vento e chuva, a partir dos rádios na floresta centro de expedição. Os dados são analisados ​​para gerar previsões e estatísticas e para monitorar o comportamento de possíveis incêndios e desenvolver ações de resposta.

Através de uma nova aplicação de gestão de frotas, rádios em campo pode ser rastreado, melhorando a segurança na floresta, economizando tempo e combustível e reduzir o impacto ambiental das operações florestais Mininco.

Fonte: Mi ambiente – http://www.miambiente.com.mx/sustentabilidad1/integran-produccion-forestal-a-tecnologias-moviles

Imagem: http://www.forestalmininco.cl/


Tecnologia TETRA em radios e pagers para Policia 

2016/05/09

tetra africa do sul

 

A cidade dos vinhos Sul-Africanos de Stellenbosch  está prestes a equipar o seu pessoal de segurança pública com terminais de rádio produzidos pela Airbus Defence and Space,  para o cumprimento das suas missões. policiais e de combate a incendio para se comunicar de forma mais segura e eficaz em uma área de 830 km². Ao longo dos próximos cinco anos, a Airbus fornecerá pagers, bem como terminais TH1n THR9 e THR880i.  O controle de Stellenbosch é estrategicamente importante para nós, a África é uma região do futuro seguro para a tecnologia de rádio móvel profissional “, diz Markus Kolland, Chefe de Vendas para a Europa e África. Ele também especifica que a administração de Stellenbosch escolheu diferentes terminais Tetra para cada segurança pública bombeiros entidade usar o P8GR e THR9 Ex, a polícia de trânsito e o serviço de limpeza TH1n o THR880i. O pager Tetra P8GR da Airbus Defence and Space foi concebido para satisfazer as necessidades dos bombeiros, equipes de resgate, mas também operadores de infra-estruturas críticas. Ao contrário de pagers analógicas convencionais, este dispositivo permite uma comunicação maneira segura entre o centro de controle e as unidades de negócios. Ele tem todas as características essenciais da matéria de alerta Tetra, como chamadas de grupo. O terminal é o ultra-fino terminal de TH1n Tetra Tetra e mais leve do mundo, enquanto o THR9 Ex, mais robusto, pode ser utilizado em ambientes com risco de explosão. Isto oferece a melhor proteção contra riscos físicos e ambientais.

 

Fonte: http://sd-magazine.com/article.php?page=891


TETRA antecipando situações de Incidentes

2016/04/27

800px-Centro-Internacional-Bogotá

 

BOGOTÁ, Colômbia – 26 de abril de 2016- A demanda por transporte em cidades da Colômbia está a aumentar rapidamente. Pendulares passar 21 horas na estrada por ano, 30,4% a mais do que em 2003, de acordo com Departamento de distrito local dos Transportes. soluções e serviços de comunicação inteligentes podem ajudar transporte de massa redes de ser mais eficiente, reduzir o tempo de espera ou evitar interrupções de serviço. Usando Motorola Solutions CommandCentral Consciente, é possível antecipar as interrupções do serviço devido a potenciais manifestações que estão ocorrendo em uma via pública. Ele pode ajudar a identificar potenciais áreas problemáticas e alerta para implementar resposta de mitigação, fornecendo em tempo real consciência situacional instantaneamente. Ele integra vídeo, sensores, alertas e informações de voz em uma única interface para a atividade de monitoramento. Os dados disponíveis são agregados para correlação rápida para antecipar ou responder a incidentes. soluções específicas, como drones câmera streaming de vídeo em tempo real para coordenar os reparos de trilha em áreas distantes ou até mesmo apoiar um programa de emergência em áreas remotas, também pode ajudar a reduzir os custos operacionais. Cidades de todo o mundo, como Londres, Xangai, Medellin, Caracas, São Paulo ou Buenos Aires, entre outros, têm implantado sistemas de comunicação avançados e soluções têm sido adaptados às suas necessidades específicas Motorola Solutions está planejando algumas demonstrações de suas soluções de tecnologia especializados para o transporte de massa na MetroLatam 2016 Conferência de Medellín, que acontece a partir de ontem para amanhã. A empresa vai mostrar sistemas de missão crítica TETRA comunicação e as comunicações do Grupo de Trabalho onda, um solução interoperável push-to-talk comunicação que unifica a comunicação entre redes de rádio móveis terrestres de banda larga e bidirecionais, oferecendo seguros, dados em tempo real e mensagens de voz através de qualquer rede ou dispositivo. Esta é uma solução de tecla para situações de emergência, porque ele funciona como uma ponte que permite um ambiente de comunicação de fluido para diferentes tipos de dispositivos. Por exemplo, um rádio pode interoperar com um smartphone.

 

Fonte: NCN – http://www.netherlandscorporatenews.com/archive/en/2016/04/26/T026.htm

Imagem: https://es.wikipedia.org/wiki/Bogot%C3%A1


TETRA na LAAD

2016/04/11

laad

A partir de amanhã até quinta-feira 14 de Abril acontece a LAAD Security – Feira Internacional de Segurança Pública e Corporativa – que reúne empresas nacionais e internacionais que fornecem tecnologias, equipamentos e serviços para Segurança Pública, Forças Policiais, Forças Especiais, Forças Armadas, Law Enforcement, Homeland Security e gestores de segurança de grandes corporações, concessionárias de serviços e infraestrutura crítica do Brasil e América Latina.

 

http://www.laadsecurity.com.br/2016/


Sim, é possível conectar uma rede TETRA com outras tecnologias…

2016/03/30

mapa_tecnologias_digitales

Qualquer pessoa ou instituição que analisar as diferentes possibilidades de tecnologias de comunicações para missões críticas disponíveis atualmente no mercado chegará à conclusão que TETRA é a que mais possibilidades oferece, com um mercado competitivo, vários fabricantes, e funcionalidades avançadas que continuam sendo aprimoradas cada vez mais.

Se quem está fazendo essa análise é alguém que já tem alguma outra solução em funcionamento, a seguinte pergunta pode ser: ‘e que faço com todo o equipamento (APCO 25, DMR, MotoTRBO, TETRAPOL, Analógico, outra rede TETRA, etc) que já tenho adquirido?’.  Um rádio TETRA é capaz de operar em mais de uma rede TETRA, porém não é compatível com outras tecnologias, e a resposta, a primeira vista, parece ser: ‘vai tudo pro lixo!’.  Mas não tem que ser assim…

É possível conectar uma rede TETRA com outras tecnologias?

Sim!  E existem varias maneiras de realizar essa integração, dependendo das necessidades e do orçamento de cada entidade. Vejamos as opções, começando pela solução mais barata e mais ‘caseira’, até soluções profissionais que permitem a existência de 2 redes em paralelo…

(Se você não está interessado nos detalhes técnicos, pule para a parte ‘E para que serve tudo isso?’)

Conexão rádio a rádio (back to back)

Esta é a solução mais simples e mais barata. Permite conectar as comunicações de voz de um grupo X da rede TETRA, com um grupo Y da outra rede. A solução consiste em 2 rádios móveis ou fixos (um rádio TETRA, o outro da tecnologia escolhida), conectados em modo back to back (basicamente 3 ou 4 fios, um para áudio do rádio A ao B, outro para rádio do rádio B ao A, e outro indicando o sinal de PTT). Dessa maneira, quando uma comunicação de um lado é retransmitida ao outro lado, obtendo uma relação entre dois grupos em redes de diferentes tecnologias.

Qualquer bom técnico com conhecimento de eletrônica e os manuais dos equipamentos é capaz de realizar essa conexão.

Conexão na rede, por um Gateway

Essa segunda alternativa, já um pouco mais avançada, requer o uso de um Gateway. O Gateway transformará o sinal de uma rede ao sinal de outra rede. Nesse caso a relação também será entre 2 grupos (um grupo na rede TETRA, outro grupo na outra rede), e a diferença está em que a conexão está na rede, de forma mais definitiva, e utiliza um elemento de rede adicional (o Gateway). Essa solução é a mesma usada para conectar a rede TETRA com redes de telefonia ou centrais telefônicas, com a única diferença que a interface será diferente.

A determinação de marca, modelo e interface de Gateway a utilizar dependerão do fabricante de infra-estrutura. Cada um terá a sua solução recomendada e já testada com o seu equipamento. Com uma pesquisa no mercado poderão ver que vários fabricantes já têm essas opções nos seus catálogos.

 Conexão por Console

radio_dispatch_consoleEssa opção é a mais complexa, e ao mesmo tempo a que permite mais funcionalidades. Nesse caso, a console de despachos ou operador é capaz de gerenciar usuários nas duas redes (TETRA e outra). Os usuários das duas redes estarão, normalmente, separados em suas operações diárias. Porém o operador, além de poder se comunicar econtrolar ambas as redes, poderá em qualquer momento unir dois (ou mais) usuários ou grupos de redes diferentes para que funcionem de maneiraunificada. Essa integração pode ser para comunicações de voz, e também para algumas funcionalidades de dados se necessário, como mensagens de texto e estado.

Existem vários fabricantes que desenvolvem esses tipos de consoles. Alguns são fabricantes de infra-estrutura TETRA, outros fabricantes somente de consoles compatíveis com redes TETRA e outras (alguns exemplos são Zetron e Telex).

E para que serve tudo isso?

Boa pergunta!  Aqui listamos alguns casos possíveis de uso.  Todos essescenários já estão sendo usados em algum lugar, com clientes TETRA que também tem que se conectar com outras redes.

 Conexão com outra entidade

Num caso onde existem, por exemplo, Policiais Estaduais e Policiais Municipais, é possível que o estado tenha escolhido uma tecnologia, e o município decida ir com outra.  Em situações normais a comunicação entre Policia Estadual e Municipal pode ser pouca, porém em casos de emergência ou eventos especiais essa comunicação é essencial.  As soluções mencionadas anteriormente ajudam e resolvem esse problema de maneira barata e elegante!

Migração tecnológica paulatina

Se o sistema existente é antigo e obsoleto será necessário, eventualmente, substituir-lo.  As soluções mencionadas permitem realizar uma migração paulatina, mantendo as duas redes em funcionamento por um período, e migrando um grupo de usuários por vez.  Dessa maneira o impacto nas operações é muito menor que simplesmente ter que desligar a rede antiga e ligar a nova numa migração total.  E durante a etapa de migração é possível manter ambas as tecnologias interconectadas.

Reutilização de recursos

Se você decidiu mudar para TETRA porque o seu sistema VHF já não é suficiente para os centros urbanos, mas o equipamento se encontra ainda em boas condições e poderia ser reutilizado, nem sempre é necessário jogar tudo fora.  Esse equipamento poderá ser usado para cobrir outras zonas, talvez zonas rurais, onde hoje não há outra solução de comunicação.  Com a integração com a rede TETRA a delegacia ou posto médico rurais poderão ter contato direto com o centro de emergências, pedindo ajuda quando for necessário.  Imagine que em alguns casos é possível que essas zonas nem tenham cobertura de celular, e a comunicação por rádio seja a única maneira de pedir ajuda!

O perigo da migração em fases

Um dos casos mais comuns em que uma entidade fica refém de uma tecnologia/fornecedor é o de P25. Esta tecnologia tem duas fases, uma emFDMA e a outra em TDMA. Algo que foi inteligente da parte do maior fornecedor dessa infra é que os rádios de fase 2 funcionam nas redes de fase 1 o que permite que o usuário vá trocando os rádios de P25 fase 1 para P25 fase dos em várias etapas. Contudo, o que fica escondido é que ocusto dessa migração em fases é muito mais caro do que fazer a substituição por um sistema TETRA podendo ser em média superior ao dobro do investimento numa nova rede TETRA. Contudo, e ainda que as vezes ciente desta realidade, o usuário não tem disponibilidade para fazer o investimento total no imediato e por isso avança para a tal migração em fases.

Como vemos nesta nota, existem soluções que permitem interligar rádios TETRA com rádios P25 e essa poderá ser a solução mais equilibrada e certamente aquela que mais beneficia o usuário já que passa de uma posição em que só pode ter um fornecedor para outra em que rádio a rádio pode optar pelo fornecedor que melhor o puder atender.

Conclusão

alternativasHá muitas coisas que podem ser feitas para tirar o máximo proveito dos investimentos feitos e futuros, aumentando o nível de serviço e reutilizando equipamento que, em alguns casos, seria descartado.  As soluções atuais de TETRA são muito flexíveis, e permitemvários níveis de integração.  Não deixe de perguntar aos seus fornecedores o que pode ser feito para maximizar o seu investimento!


TETRA e Image Messaging

2016/03/28

image messaging

Uma aplicação de mensagens de imagem permite a rápida transferência de imagens associadas com informações de texto para uma variedade de dispositivos, incluindo rádios TETRA.
IMAGEM Sepura é uma aplicação de produtividade projetados para aumentar a eficiência das Organizações onde uma rápida, clara e precisa transferência de informação é vital para comunicações de missão e de negócios críticos.
Para mais informações, por favor, Baixe white paper gratuito no link abaixo.

Fonte: Offshore Technology 

Imagem: Critical Control Room


Agenda Maio 2016 – Um Mundo Tetra em Amsterdam

2016/03/22

main-logo

Um ano depois do sucesso da CCW de Barcelona, que teve um aumento de 15% em espaço de exposição, muito mais se espera do forum que acontecerá esse ano na maior cidade dos Países Baixos, com a ousada expectativa de aumento de 30% sobre o ano anterior.

O evento regimenta tudo o que existe de mais importante no mundo da comunicação crítica e também agrega o congresso “Tetra World Congress”. ano as considerações sobre novas tecnologias e a segurança cibernética também estão em pauta junto com usuários e experts em LTE.

Esta é a oportunidade de entrar em contato com quem usa e desenvolve produtos e serviços da tecnologia Tetra entre expositores e profissionais da área.

Data: 31 de maio até 02 de junho – RAI Amsterdam

 

Fonte: [TCCA] 


TETRA nas Olimpíadas Rio 2016

2016/03/18

logo-rio2016-pt-br

A Tecnologia TETRA da Teltronic está presente nos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Rio de Janeiro de 2016, como a empresa aragonesa ganhou com um contrato de 22 milhões para gerir as comunicações do evento esportivo. Por enquanto, há no Brasil um total de 50 pessoas que trabalham no evento, embora “é muito provável que nós temos que fortalecer a presença da equipe uma vez do início dos Jogos”, disse o conselheiro Teltronic, Juan Ferro. O objetivo é fornecer um serviço 24 horas por dia, sete dias por semana.

Fonte: El Periodico de Aragon

 

Imagem: http://www.rio2016.com/


INDIA – TETRA EM GRANDES EVENTOS

2016/03/16

india tetra

A Policia de Madhya Pradesh escolheu uma solução TetraFlex de estação base multi-site para ajudar a proteger cerca de 50 milhões de peregrinos que participarão  na Simhastha / Kumbh Mela, que será realizada na cidade de Ujjain, na Índia, entre 22 de Abril e 21 de Maio. O evento deve envolver 23.000 policiais, 80.000 funcionários administrativos e 60.000 voluntários.
O cliente escolheu DAMM TetraFlex após um processo de avaliação de campo e detalhados ensaios, juntamente com tecnologias digitais, tais como TDMA P25 e DMR e chegou à conclusão de que as características e funcionalidades oferecidas pela Tetra foram muito superior a outras tecnologias. Sendo um padrão aberto revelou-se importante que o cliente pode escolher entre os melhores terminais de rádio disponíveis e que reuniu suas necessidades operacionais.
Fonte: TETRA Today